quinta-feira, 5 de maio de 2016

Você conhece o tríceps tate?


Este é um exercício que você não vê muito por aí. Não sei se os profis não acreditam nele, não gostam de passar ou simplesmente desconhecem.

É uma alternativa para os já tão manjados tríceps testa, francês e cia. Vamos relembrar que o estímulo no músculo tríceps depende da angulação de execução e não da mudança de pegada, fazendo cair em desgraça a tríade mais passada por professores iniciantes (aqui a palava "iniciantes" não significa apenas novo na carreira no quesito tempo; um profi pode ser "iniciante" a vida toda, durante anos e anos) : tríceps pulley reto, com pegada invertida e corda. Isso quando você não é presenteado com um "tríceps puli".

EXECUÇÃO DO EXERCÍCIO
Em decúbito dorsal (com a barriga pra cima), em um banco reto, com dois halteres colocados na vertical acima dos peitorais. Os cotovelos devem apontar para os lados e as palmas das mãos para fora. Estenda os cotovelos mantendo os pesos juntos durante todo o exercício. Os halteres devem ser mantidos na horizontal no final do movimento.

variação no banco inclinado

Tente !

Stay strong !

Betão

Nenhum comentário:

Postar um comentário