segunda-feira, 2 de maio de 2016

Deltóide posterior fraco: o que fazer?



Quantas e quantas vezes vejo alguns marombas, na gym, negligenciarem o treino de posterior dos ombros. Fazem muitas variações de desenvolvimento com barra (atrás, na frente, mudam o ângulo do banco, no Smith, etc), depois fazem suas elevações laterais, frontais e ... só. Alguns ainda treinam trapézio e outros deixam pra treinar esse músculo no dia de dorsais. Mas ... e os deltoides posteriores?

Peça fundamental em uma pose lateral ou de dorsais, os deltoides posteriores são dignos de dois exercícios em um dia de ombro, afinal compõem 1/3 dos ombros e sua fraqueza se torna mais evidente em uma postura relaxada de lado, onde você só consegue observar os tríceps do camarada. Minha sugestão são os dois exercícios abaixo. Se eles são seu elo fraco, faça-os primeiro quando começar uma rotina de ombros e algumas vezes no dia de peitoral.

Elevações laterais curvadas
A dica aqui é ter certeza que sua escápulas não “se toquem” no topo do movimento, enfatizando trapézio e romboides. Abras seus braços imaginando que você os está “lançando” pra longe, lateralmente e não pra cima.


Crucifixo reverso no cross
Esse exercício também pode ser feito na máquina de peck-deck, quando ela possuir a configuração de mudar de peitoral para posterior de ombro. Esse exercício pode ser feito no dia de dorsais, já que não é um movimento isolado dos deltoides.


Stay strong !

Betão 



Nenhum comentário:

Postar um comentário