quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Metodologia para o treino de peito


Hoje treinei peito. Escolhi alguns exercícios que não estavam na rotina atual e segui um padrão do inicio até o fim do treino.

Fiz 4 séries de 15, 12, 10 e 6 repetições, aumentando a carga, aumentando o tempo de execução e diminuindo o intervalo de descanso.

"Como assim, Betão!?!?!?!? Não entendi nada !!!"

Pra melhor visualizar o que escrevi, eis uma tabela com a metodologia. Muitas vezes, queremos um treino à base do instinto, sem seguir regras, até a falha, etc e acabamos nos perdendo nas cargas. Ser sistemático, vez ou outra, não atrapalha sua evolução, muito pelo contrário : pode te dar parâmetros pra perceber algo que está errado há tempos e você ainda não se ligou. Por exemplo, ao calcular seu RM, você pode perceber que não evolui há meses e tentar sanar o problema, algo que um treino "instintivo" não vai te proporcionar. 

Também segui o padrão de fazer um press de peito, seguido de um "afastar-aproximar" os braços. O treino ficou mais ou menos assim configurado :


Stay strong !

Betão

Nenhum comentário:

Postar um comentário