segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

A morte do "eu mais fraco"


Dentro do ginásio, fui concebido de forma violenta. O "eu fraco" foi morto pelo "eu mais forte" de forma precoce, sem misericórdia ...
E assim como Caim matou Abel e a Terra suplicou por sangue, quando meu "eu fraco" morreu, os ferros suplicaram por um sacrifício ...

Dessa forma, todos os dias, depois disso, sinto um ódio sem precedentes ao entrar na gym ...
Uma alma coberta por trevas, cheia de rancor e disposta a tudo
Estou sempre com esse sentimento, não importa o dia ... sempre que entro na gym e respiro fundo sinto o cheiro de sangue do "outro eu", que ficou pra trás, passo por cima desse sentimento de perda e treino como se não houvesse amanhã, como se todos os fatores externos à academia não tivessem importância.

Aqui dentro, sou apenas eu ... o predador ... o que irá te olhar com os cantos dos olhos, sem te cumprimentar ou esboçar um sorriso sequer ... Não, não ultrapasse esse linha tênue entre o seu mundo e o meu mundo. Aqui você não sobreviveria, posso ver em seu semblante que hesitou ao olhar pra mim : uma mistura de admiração e receio. Sinto o cheiro do medo no ar. Pessoas assim não duram um minuto aqui. Faça seu treino medíocre e volte pra casa como se nada houvesse mudado, não derrame um pingo de suor, não largue seu celular, dê sorrisinhos e converse bastante sobre o futebol, afinal, esse é o seu mundo ...

Mas se ousar ultrapassar a linha, por curiosidade, verá que tudo fica mais escuro, mais cinza, mais árduo. Não há cores, não há risadas. E sabe como você pode ver isso? Fazendo uma, duas, três repetições a mais e depois disso ainda continuar fazendo repetições parciais, até a falha .... é nessa hora que o "eu fraco" aparecerá pra você, com aquela cara de espanto e do tipo "o que você está fazendo?".

É nessa hora que você escolhe matá-lo, esmagando-o com o furor de um recém-nascido do ódio. É a hora da escolha : matar ou morrer. Sim. Porque se você não matá-lo, ele fará isso. Ele vai transformar todos os seus dias em dias mornos e sem sentido. Fará você caminhar pra gym como se estivesse indo passear. É a hora de matá-lo!

Não é uma decisão fácil, eu sei ... esse seu "eu fraco" esteve aí por tanto tempo, vocês já são amigos. Ele não te incomoda, não te faz sofrer ... porque matá-lo, então?

Porque ele é um câncer e vai te matar aos poucos. Não se iluda pelo sorriso fácil do seu "outro eu"... ele não quer ver seu esforço, aonde você pode chegar. Ele quer te levar pro lado fácil da vida, onde os mais fracos morrem sem realizar nada para si mesmos.

Mate-o enquanto é tempo! Sinta o gosto de sangue enquanto é tempo! Porque você pode não ter mais como escolher, depois que ele tomar conta do que poderia ter sido sua vida.

Stay strong !

Betão

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário