quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Treino de pernas pra destruir qualquer possibilidade de andar no dia seguinte


Hoje quis dar um up no treino de pernas, reviver aquela sensação de morte súbita, falta de ar, náusea, etc. Como o joelho estava recuperando, os treinos anteriores foram sem sal, sem aquele sentimento de dever cumprido.

E o treino começou assim : 
  • 12 repetições no agachamento hack
  • 8 passos em cada perna no avanço
  • 12 repetições na extensora 

Na academia que treino, a distância entre o hack e a cadeira extensora foram 16 passadas, 8 para cada perna.

A primeira caminhada não foi tão ruim. A tri-set acabava na extensora e a tri-set seguinte faria o caminho inverso. Aí, sim, tudo começou a ficar diferente. O vasto medial ardia em brasa, senti o quadríceps puxando, doendo, tremendo. Quando cheguei no hack estava sem ar. Fiz as 12 repetições mais doloridas que podia fazer, movimento controlado, descendo até o final.


Então, me dei conta que deveria fazer, pelo menos, mais uma tri-set dessas. Foi a melhor escolha desse dia. No meio das passadas já perdia o equilíbrio facilmente, o que forçava a manter a trajetória mais ou menos reta e dificultava ainda mais o avanço. As últimas 12 repetições na cadeira extensora foram feitas com o coração, porque as pernas não respondiam mais.

Não faça leve!!! Escolha um peso em que você tenha realmente dificuldade em realizar. Não é porque é tri-set que tem que ser leve!!!!

Depois disso, veio leg press 45º, extensora unilateral, leg press horizontal, adutores, etc. Treino isquiotibiais em outro dia. Foi gratificante. Enquanto escrevo esse post, minhas pernas doem e não é fácil subir e descer escadas. Mais um treino memorável que será feito outras vezes.

Stay strong !

Betão 

2 comentários:

  1. Tri set foda! Trokei o hack pelo agacha livre e foi feia a coisa.

    ResponderExcluir
  2. kkk .. da hora ! Valeu por compartilhar !!

    ResponderExcluir