sexta-feira, 6 de novembro de 2015

A teoria e a prática



Um grupo de pesquisadores se reuniu pra realizar um experimento. Havia doutores em diversas áreas, inclusive alguns com prêmio Nobel. Dentre eles, endócrinos que escreviam durateston com M, outro que receitava stanozolol subgengival de morango. Havia vloggers de musculação, meninos propaganda de folhetos de suplementos, celebridades de facebook e outros. 

O fato é que todos eles eram muito conhecidos, cada qual em sua área. Através de Metodologia Científica em Pesquisas, realizaram um experimento único :

Treinaram uma centopeia para andar 10 cm sempre que algum dos pesquisadores tocava um sino. E assim foi .... tocava-se o sino e a centopeia andava. Alguns insistiram que 15 cm era melhor pois iria definir a centopeia. Outros, diziam que deveria andar apenas 6 cm pra não catabolizar. Mas o número 10 foi escolhido por ser um número fácil de gravar e porque todos sabiam contar até 10, com exceção de um dos vloggers de musculação, que levou sua calculadora.

Com o passar dos dias, arrancou-se um par de patas do miriápode, como parte do experimento. Tocou-se o sino e ela ainda andou 10 cm. Mais alguns dias e arrancou-se outro par de patas. Tocava-se o sino e a centopeia andava seus 10 cm. O vlogger de musculação contou 11 cm mas foi devidamente ignorado pelos demais.

Os dias foram passando, arrancando-se sempre um par de patas e tocando-se o sino. Até que, enfim, em um determinado momento, o último par de patas da centopeia foi arrancado. Tocou-se o sino e a centopeia não andou. Tocou-se o sino mais uma vez e nada. Todos ficaram espantados, com exceção do vlogger de musculação, que estava preocupado em escrever seu próximo vídeo super descolado.
Diante desse fato, as personalidades se reuniram e concluíram, em unânime consenso, que a centopeia possuía ouvidos nas patas, explicando-se, portanto, o porquê dela não andar quando o sino tocou pela última vez.

Prática é a realização de uma teoria concreta. Toda a teoria deve ser feita para poder ser posta em prática, e toda a prática deve obedecer a uma teoria.

Isso não quer dizer que uma seja mais importante que a outra. Não quer dizer que não devamos estudar e ficar só na prática. Nem quer dizer que não devemos criar teorias e nunca comprová-las.

Quer dizer apenas que enquanto existir um mané, existirá um malandro pra provar que o que ele fala está certo.

Cuidado, a musculação está cheia de "pesquisadores" como os citados, prontos pra provar pra você que a centopeia tem ouvidos nas patas.

Stay strong !

Betão

Nenhum comentário:

Postar um comentário