quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Suar emagrece ? Posso utilizar sacos plásticos e agasalhos no treino?

A primeira pergunta é respondida de forma bem simples e objetiva : suar não emagrece! Afinal, o que é emagrecimento ? É a diminuição do peso corporal gordo, ou seja, perda de gordura corporal.

O suor é composto por água e eletrólitos, e sua perda não desempenha nenhum papel na perda de gordura (Foss e Keteyian, 2000). Portanto, definitivamente, suar não emagrece.

O suor tem por função, auxiliar na termorregulação, ou seja, na manutenção da temperatura corporal dentro dos limites fisiológicos.

O exercício físico é um fator estressor para a temperatura corporal, tendendo a elevá-la. A transpiração é um dos mecanismos utilizados pelo organismo para amenizar esse estresse térmico. A partir desse mecanismo, o líquido que é expelido pela pele evapora, levando o calor do corpo para o meio externo (ambiente), e esse mecanismo é a principal alternativa para a termorregulação durante o exercício físico.

O fato que leva as pessoas a acreditar na falsa hipótese do emagrecimento pelo suor é a diminuição do peso corporal total após a realização de determinada atividade física. Isso ocorre em razão da perda de água decorrente da transpiração. No entanto, essa perda é reposta pela hidratação posterior e o peso corporal volta ao normal, sendo transitória a variação observada.

A utilização de sacos plásticos sobre a pele e o uso de agasalhos durante os treinamentos foi uma prática comum entre desportistas, principalmente aqueles que sofriam exigências quanto ao peso corporal, como no caso de lutadores. Apesar da disponibilidade de informações, essa prática ainda é vivenciada nos dias de hoje, em razão, principalmente,  da falta de planejamento de treinamento que mantenha o atleta dentro da faixa de peso corporal desejada, fazendo-o apelar para métodos não saudáveis visando a uma perda de peso rápida.

Essa conduta dificulta a evaporação de suor, prejudicando, por consequência, a termorregulação e fazendo que o organismo produza e libere mais suor, perdendo mais líquido (desidratando). Nessas condições, a queda do desempenho esportivo é notória. Além disso, prejuízos à saúde também podem ser percebidos; portanto, esse não é um procedimento aconselhável (Foss e Keteyian, 2000).

Fleck e Simão (2008), com o intuito de orientar os praticantes de musculação, recomendam a utilização de roupas leves que possibilitem a troca de calor com o meio ambiente durante o treinamento. Por fim, vale ressaltar que, para o emagrecimento saudável, a conduta mais indicada é a promoção de um balanço calórico negativo, ou seja, gasto calórico maior que a ingesta. Para tanto, deve-se associar uma alimentação adequada, um programa de exercícios físicos (aeróbios e anaeróbios) e muita, mas muita paciência.

O tio oferece o serviço de assessoria online que pode ser direcionado para esse fim (clique aqui para saber mais sobre a assessoria)

Stay strong !

Betão

Nenhum comentário:

Postar um comentário