terça-feira, 15 de setembro de 2015

Devo bloquear as articulações nos exercícios?

Depois de publicar o artigo sobre como diferenciar o treino de peito e de tríceps nas paralelas (clique aqui pra ver o artigo), recebi diversos e-mails perguntando sobre bloqueio de cotovelos. Alguns me perguntaram se o correto não seria fazer o mesmo no supino reto fechado, por exemplo. 

Lendo o livro "Power to the People" do Pavel Tsatsouline encontrei uma passagem que eu considero interessante em relação a esta questão.

Pausa e descanso entre as repetições
É prática comum na América do Norte, evitar a posição de bloqueio em que as articulações suportam o peso. A ideia é não dar descansar ao músculo e, supostamente, "preservar as articulações."

Arthur Jones, o criador da Nautilus, propunha esgotar o músculo o mais rápido possível. Enquanto isso certamente ajuda a ganhar massa, evitar a fadiga é contraproducente quando o nosso único objetivo é ter a força de um cabo de aço e tônus muscular.

Fazer uma pausa e "descansar" (tanto quanto nos permitimos com segurança) durante um segundo entre cada repetição, não serve apenas para cansar menos, mas nos permitem gerar maiores valores de tensão muscular.
Quanto ao conselho de não bloquear as articulações, é um disparate. Suas articulações são feitas para bloquear e carga. Na verdade, se você não se submeter ao estresse, você nunca vai ser realmente forte!

Em meados da década de 80, descobriu-se que os joelhos, cotovelos, etc possuem receptores mecânicos (mecanorreceptores) especiais, ou sensores, que respondem à carga. Se você fica escandalizado com o pensamento de colocar algum peso sobre as articulações, pode esperar que estes permaneçam fracos. Sempre que você tentar elevar a carga em um exercício, esses sensores vão abrandar a contração muscular, enviando sinais de alerta para a medula espinhal. Os levantadores antigos entendem bem este conceito e construiram o que chamamos de "força de ligamentos" com vários exercícios pesados.

John Grimek, uma lenda do halterofilismo e musculação, podia suportar cargas de até 450 kg sobre sua cabeça e viveu até cerca de 90 anos para contar.

Por conseguinte, não acredito que a posição de bloqueio ajude nossas articulações, embora possa ser útil, se quisermos hipertrofia. Para powerlifters e pessoas que estão atrás de força extrema, o bloqueio de articulações permitem imprimir mais intensidade para cada repetição e fortalecer nossas articulações.


Trecho traduzido do livro “Power to the People” por Pavel Tsatsouline. Pag. 19.

Stay strong !

Betão

Nenhum comentário:

Postar um comentário