terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Aqui é old school

 
Cheguei na academia hoje e o professor novato veio me cumprimentar...

Não sei o que ele disse porque os fones de ouvido estavam com o volume muito alto. Mas não me importei, não fui fazer amigos. Vejo os ferros há mais de vinte anos e ainda não somos amigos também...

Aqueci e, em seguida, peguei os maiores halteres que achei. Estavam com a pintura nova. Ou ninguém os usa ou ... acho que ninguém os usa ...

Uma senhora me olhou como se eu fosse um monstro ... ah, senhora, quem me dera ...

Depois de cada série tive falta de ar, enjoos... quis ir embora várias vezes, mas não fui.... eu nunca fui ....

Vi sorrisos, tapinhas nos ombros, pouco suor, conversa fiada ....

Então comecei a transpirar, gritar, sentir dor, olhos ficaram vermelhos ... mas não parei ... eu nunca parei ....

Acabei meu treino e me despedi ... de mim mesmo : olhei no espelho e vi o menino que virou marombeiro ... "te vejo amanhã, amigo" ... e eu sempre voltei no dia seguinte ...

Um comentário:

  1. Simples e objetivo. Direto me deparo com situações assim, de pessoas pedindo pra revezar ou perguntando se estou usando X aparelho ou pegada. O treino é nosso e nada pode interferir. Parabéns pelo trabalho.

    ResponderExcluir