quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Não gosto do peck deck !

Muitos marombas extremistas acabam negligenciando alguns exercícios por puro preconceito. E o peck deck é um desses exercícios que alguns amigos insistem em denegrir. Mas vamos entender um pouco mais dele, antes de dizer que é ruim, ineficiente ou "exercício de frango"

A roldana oval permite que o braço de momento da resistência seja maior no ponto onde o peitoral maior também possui o seu maior braço de momento.

O componente translatório da força realizada pelo peitoral maior ajuda na estabilização do ombro, durante toda a amplitude do movimento.

A amplitude de movimento é de aproximadamente 90°.
As vantagens deste exercício sobre o crucifixo com halteres são as seguintes:
a) No momento em que o ombro está aduzido, ainda há produção de torque pela resistência.
b) Não há a participação dos extensores do cotovelo neste exercício.

A principal desvantagem deste exercício em relação aos exercícios com peso livre é que, no aparelho, não há exigência dos músculos estabilizadores e os movimentos são realizados em ângulos preestabelecidos.

O movimento de abdução (fase excêntrica do exercício) deve acontecer até o ponto em que o cotovelo se alinha com o ombro (vista lateral). O movimento além deste ponto estressa as estruturas anteriores da articulação do ombro.


Um comentário:

  1. Nunca me dei bem com peck deck. Acho que nunca me ensinaram a fazer direito ou as máquinas das academias onde passei eram muito ruins. Porque peito pull-over eu não sentia também, até que um dia encontrei alguem que sabia fazer, e aí comecei a sentir o efeito do exercício.

    ResponderExcluir