quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Sua assessoria online realmente vale a pena, Betão?

Se você perguntar pro seu professor de musculação se é fácil para ele prescrever a alguém um programa de treinamento de força, a resposta, será "Sim, porque eu estudei pra isso". Mas repare que ele não fez seu treino quando você pediu. Ele prometeu seu treino pra amanhã, quando você chegar.

Será que ele fará sua série de exercícios pensando em você, nas suas possíveis limitações, no seu objetivo? Será que ele vai se lembrar que você está com uma dorzinha incômoda no ombro direito? Ele te perguntou quantas vezes por semana você vai treinar? Perguntou se algum exercício te causa desconforto? Ou ele estava mais interessado no jogo que estava passando na televisão ou dar atenção pra aluna nova?

As adaptações do corpo são tão altamente específicas que nunca será fácil dar continuidade a um treinamento. Vários parâmetros podem ser questionados, sem fazer muito esforço :

  • Que exercícios você selecionaria para uma sessão? 
  • Em que ordem você sugere realizá-las? 
  • Quantas séries? 
  • Quantas repetições? 
  • Que carga usar? 
  • Como organizar os conjuntos (sets, drop sets, conjuntos de pirâmide, etc.)?
  • Qual a amplitude de movimento que se deve usar? 
  • O ritmo e velocidade que você deve usar? 
  • O tempo de descanso que você usa entre as séries? Entre os exercícios?
  • Qual deve ser a freqüência de seu treinamento? 
  • Qual é a meta deste macrociclo? 
  • Qual é o objetivo desta fase de treinamento (mesociclo)? 
  • Qual é o objetivo deste microciclo? 
  • Qual é a idade de treinamento do atleta? 
  • Qual é a sua capacidade técnica para executar vários exercícios? 
  • Qual é o seu histórico de lesões? 
  • Quais as facilidades estão disponíveis? 

Há muito mais a se analisar ainda, que impactará de forma decisiva a adaptação do organismo para a sessão de treinamento.

É por isso que a concepção de um programa de treinamento requer esforço. É também por isso, na minha opinião, que uma assessoria personalizada é de suma importância. Sem estudar a forma de treinar, é impossível analisar as necessidades dos indivíduos e de concepção de programas eficazes em conformidade. Muitos treinadores não têm educação básica em seu campo, não tem experiência, e eles vão copiar e colar treinos. 

Mas por saber como analisar a situação específica na mão, é possível otimizar os resultados para qualquer atleta em qualquer situação. 

Cuidado com entusiastas na sala de musculação!!!

Para maiores informações sobre assessoria personalizada, mande e-mail para mrfreaky2011@hotmail.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário