sábado, 11 de outubro de 2014

Quais os benefícios que a musculação pode proporcionar para pessoas fumantes ?

O Colégio Americano de Medicina do Esporte (ACSM, 2006) identifica algumas situações como sendo fatores de risco para o desenvolvimento de doença coronariana (cardiovascular). Fatores como herança genética, o fumo de cigarros, a hipertensão arterial, a dislipidemia (colesterol e triglicerídeos aumentados), a glicose sanguinea aumentada em jejum (diabetes), a obesidade e o estilo de vida sedentário (inatividade fisica), quando presentes, isoladamente, ou em conjunto, representam um aumento na probabilidade de evento cardíaco.

Com exceção da herança genética, todos os outros fatores são modificáveis, ou seja, podem ser modificados ao longo da vida. O exercício físico regular, incluindo a musculação, exerce influência positiva sobre quase todos os fatores de risco modificáveis, excetuando-se o fumo.

Segundo dados disponíveis no site do Ministério da Saúde no Brasil, cerca de 1,2 bilhão de pessoas são fumantes em todo o mundo, sendo que, no Brasil, um terço da população adulta fuma.

Os fumantes têm mais que o dobro de risco de ataque cardíaco comparado aos não fumantes. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o tabaco mata de um terço à metade das pessoas que o consomem, e essas pessoas vivem, em média, 15 anos a menos.

Quando os indivíduos param de fumar, o risco de complicações cardiovasculares diminui rapidamente. Indivíduos fumantes, ao praticarem musculação, podem observar alguns benefícios clássicos proporcionados pela modalidade, como o aumento da força e massa muscular, entre outros. Esses fatores podem melhorar a qualidade de vida do fumante, no entanto, com relação aos efeitos deletérios do tabagismo, o exercício pouco ou nada pode fazer.

Se o seu professor de musculação disse que os efeitos maléficos do cigarro vão diminuir com a musculação, mesmo se você continuar fumando, infelizmente, seu professor de musculação não sabe o que está falando.

A única solução é parar de fumar ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário