terça-feira, 22 de julho de 2014

Usando a dextrose a seu favor


Essa não é uma técnica nova, nem tampouco fui eu quem inventou. Mas acabamos deixando algumas coisas de lado, coisas simples, ou, até mesmo, acabamos nos deixando influenciar por “técnicas novas e milagrosas” que, na verdade, são apenas mais algumas frases de impacto, sem efetividade real.

Os períodos que rodeiam o treino com peso são os períodos que o camarada que treina sério deve ter uma atenção especial. O pré, durante e o pós-treino devem estar devidamente suportados por suplementos, água e eletrólitos. 


Usando o famoso clichê dos falastrões, devemos, sim, ter a “bebida mágica” para otimizar os ganhos e minimizar as perdas.

Como diria o grande Milos Sarcev, fisiculturista renomado, “Os segredos não existem, devemos buscar informações em lugares adequados, ter senso comum, fazer as perguntas corretas, e, então, veremos que as respostas estão sempre por aí”.


Os nutrientes que devemos consumir antes, durante e depois do treino com pesos devem vir em sua forma mais assimilável e essencial, não devem, pois, praticamente, requerer digestão. São eles :


Dextrose
BCAA´s
Glutamina
Água
Eletrólitos


Se tomarmos carboidratos de alto índice glicêmico como a dextrose, a velocidade de absorção dos nutrientes será muito mais rápida, dando-nos energia quase que imediata para puxar um ferro, e, ao mesmo tempo, produzirá a liberação do hormônio mais anabólico que existe, a insulina, que facilitará a entrada dos nutrientes nos músculos, ou seja, um coquetel anabólico-anticatabólico.


O estado hiperanabólico
O estado hiperanabólico se refere às três fases que se rodeiam o período de treino, ou seja, antes, durante e depois.


1ª fase – Antes do treino
Prepare seus músculos de 45 a 30 minutos antes de treinar com uma bebida rica em carboidratos simples (CHO) e aminoácidos essenciais, dado que os CHO´s fazem o pâncreas produzir insulina, isto é, “precarregar” seus músculos e nutrir o sangue de nutrientes durante o treino com pesos.

  • 10g de dextrose
  • 5g de BCAA´s
  • 5g de glutamina
  • 300ml de água

2ª fase – Durante o treino
Nessa fase, devemos dar ao corpo uma maior quantidade de BCAA´s, glutamina e dextrose, para termos um suporte mais constante, pois é o momento mais catabólico do dia, revertendo esse processo ou freá-lo, passando para um estado hiperanabólico. Tomar essa bebida durante o treino:


  • 30g de dextrose
  • 15g de BCAA´s
  • 5g de glutamina
  • 900ml de água fria

3ª fase – Imediatamente após o treino
O mais importante, agora, é repor as reservas de glicogênio muscular e hepático, porque há uma quantidade pequena de CHO complexos e simples e todo o espectro de BCAA´s em pequenas quantidades. 


  • 10g de dextrose
  • 5g de BCAA´s
  • 5g de glutamina
  • 300ml de água

Aqui, nessa fase, adicione seu whey preferido para maximizar seus ganhos e aproveitar todo o conteúdo do texto que você acabou de ler.



Texto de Alberto Sevilla, via Muscular Development en Español, fevereiro de 2011. Tradução livre de Betão Marcatto

Nenhum comentário:

Postar um comentário