sábado, 19 de julho de 2014

Extensão da Coluna na Bola


Este exercício fortalece praticamente todos os músculos extensores da coluna vertebral e deve fazer parte de um bom programa de musculação. A bola exige bastante equilíbrio, o que aumenta a participação de toda a musculatura da coluna e pelve para proporcionar estabilidade durante a execução do exercício.

Análise Biomecânica do Exercício


O maior braço de momento da resistência (peso da extremidade superior do tronco) acontece quando a coluna está paralela ao solo. O componente translatório criado pela contração dos extensores da coluna comprime os discos intervertebrais (e aumenta a estabilidade das articulações da coluna), em todos os ângulos do movimento.

O movimento deve partir da completa flexão da coluna (figura). A movimentação concomitante dos ombros proporciona um estímulo para os músculos deltóide posterior e trapézio.

Os isquiotibiais e o glúteo máximo ficam em contração isométrica, durante o movimento, para prevenir a anteversão da pelve durante a contração dos extensores da coluna (principalmente da região lombar).
Note que o movimento da coluna é de extensão, a partir de uma flexão e não, de hiperextensão. A manutenção do quadril em flexão favorece a execução correta do exercício por proporcionar uma diminuição do risco de hiperextensão da coluna lombar.

Se o executante realizar o exercício com os cotovelos semiflexionados, o ombro pode realizar uma rotação lateral durante a fase concêntrica do movimento. Esta rotação proporciona um fortalecimento de dois músculos do manguito rotador (infra-espinhal e redondo menor).

A contração dos extensores da coluna cervical deve ser isotônica até o ponto em que esta se alinha com a coluna torácica e, deste ponto em diante, a contração deve ser isométrica, para manter a postura da cabeça durante a extensão da coluna torácica e lombar.

Quanto maior a proximidade entre os membros inferiores, maior a exigência de equilíbrio. Assim, o indivíduo que inicia este exercício deve começá-lo com os membros inferiores afastados.

No iniciante, este exercício pode ser realizado com os braços ao lado do tronco. Esta posição dos membros superiores diminui o braço de momento da resistência (membros superiores) e decresce a intensidade do exercício.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
1- Aaberg, E. Bio-Mechanically Correct Dallas:Realistic, 199.6:,
2- Albernethy, B et a1. The BiophysicaI Foundation df Hunian Movement Champaign: Human Kinetics, 1997. .
3- Baech1e, T.R. Essentials of Strength Training and Conditioning.Champaign: Human Kinetics, 1994.
4- Fleck, S. & Kraemer, J. Designing Resistance Training Programs. 2.ed. Champaign: Human Kinetics, 1997.

Nenhum comentário:

Postar um comentário